As suas crenças em Deus que ainda existirem serão "arrebatadas" por esse artigo contundente de William Magalhães.
Uma das maiores paranormais do mundo é brasileira e é internacionalmente famosa e requisitada.
Se você pudesse renascer na sua melhor versão como uma Fénix, como seria? Veja a experiência da Vanessa com a RTS.
Os depoimentos que tornaram o Força Subconsciente um site famoso e cheio de conteúdos voltados ao despertar coletivo. Novos depoimentos num novo modelo de conversa. Confira já!
Os seus problemas atuais começaram lá na sua família de origem, sabia? Pode ser difícil para você, mas é possível resolvê-los.

Pesquisar no site

domingo, 16 de dezembro de 2012

Depoimento - SQG - Magal Isali


Olá a todos! Faz menos de 2 meses que me submeti a iniciação (este nome é falso, meu nome real é outro).

Não tive ainda aquela "dedicação" em continuar com os exercícios em casa!

Sou casado, tenho 38 anos e por conta do trabalho meu e de minha esposa, nesta época do ano principalmente - outubro a dezembro – viajamos bastante.

- Vou tentar ser breve em poucos tópicos:
1) O que percebi de imediato, não sei se todos tiveram o mesmo “sintoma” – foi um aumento exacerbado da libido. Sempre tive vida sexual ativa, normal para um casamento de 13 anos, com 2 filhas, etc. Mas a coisa ficou tão “ativa” que a patroa já estava até dormindo de “calça jeans” (risos) – zueira, mas o lance é sério – de uns 10 dias pra cá venho praticando os exercícios, meditação, etc... e este impulso já diminuiu, retornando níveis comuns anteriores.
 2) Outra coisa que percebi também foi uma maior “disposição” física, dormindo menos – já várias vezes 3h ou 4h por noite sem grandes prejuízos na rotina do dia posterior – teve noite que passei em claro, acordado e rotina normal no dia seguinte. 
3) Estou estudando para um concurso e por isso também (além de viagens) acessando bem menos internet, facebook, etc... - notei certa melhora nos estudos, maior compreensão e fixação do conteúdo. 

4) Algumas recordações no dia da iniciação – posterior apenas alguns “flashes” em uma das vezes que estava praticando – mas como não tenho firmado uma rotina, quero ver se em janeiro já retomo com mais tempo e disposição - por ora quando posso pratico.

5) Referente aos “chackras” :

Antes de me submeter ao salto, já procurava estimular eles através de meditações, visualizações, etc... com auxilio de áudio, mantra, etc. – agora percebo a “energia” no local, em cada um deles (dos 7 principais) com muito mais facilidade, bastando um pensamento/vontade e nem sempre em ambiente meditativo – mesmo no trabalho, em sala de aula, em qualquer lugar. 

De um modo geral sinto mais “aguçadas” as percepções – mais consciente sobre mim mesmo.

Algumas e outras experiências no dia-a-dia vão comprovando isso...

Talvez estes “sintomas” relatados, outros já o possuem em maior/menor grau mesmo sem a iniciação – neste curto espaço de tempo foi o que pude perceber com mais facilidade e sei que posso (e podemos) muito mais.

Desejar apenas não basta. É o começo. Tirar "o pé do chão" = esforço aliado com vontade.

O céu será o limite? (risos) - Abraços!
Magal Isali