As suas crenças em Deus que ainda existirem serão "arrebatadas" por esse artigo contundente de William Magalhães.
Uma das maiores paranormais do mundo é brasileira e é internacionalmente famosa e requisitada.
Se você pudesse renascer na sua melhor versão como uma Fénix, como seria? Veja a experiência da Vanessa com a RTS.
Os depoimentos que tornaram o Força Subconsciente um site famoso e cheio de conteúdos voltados ao despertar coletivo. Novos depoimentos num novo modelo de conversa. Confira já!
Os seus problemas atuais começaram lá na sua família de origem, sabia? Pode ser difícil para você, mas é possível resolvê-los.

Pesquisar no site

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Como se tornar Ultra-Espiritual | Comporte-se como um iluminado



Você deve conhecer pessoas que gostam muito de entender e praticar a espiritualidade. Praticam todas as modas espirituais que surgem de tempos em tempos, se envolvem com mensagens de mestres/médiuns/líderes/gurus espirituais desta ou de outras épocas e planos.

São pessoas amenas, doces, de fala lenta, macia, tranquila. Aparentemente sem agressividade e muito conselheiras (um grande perigo). Perigo por que os conselhos sempre são baseados na visão da pessoa que os emite sobre a sua situação, sendo que não é ela quem o está vivendo. E ainda que tenha vivido algo semelhante, aquilo que serve de solução aparente para um sujeito não deve se encaixar para outro necessariamente. E se o seu conselho, por mais acertado que pareça, for uma cilada para outro alguém? 

A Marijuana é vista por muitos como uma ferramenta de despertar espiritual. Tanto ela quanto outras substâncias psicoativas não têm poder de despertar habilidades espirituais-paranormais de verdade. O que elas fazem é, durante o seu efeito alucinógeno, produzir imagens, percepções e sensações baseadas nos conteúdos psicológicos do usuário e também nas sensações previamente vividas. Além disso, a maioria delas causa alterações bioquímicas permanentes nas células cerebrais (principalmente nestas, mas não somente) e podem desencadear além da dependência emocional, a dependência química a curto ou longo prazo. Ou seja, nada mais são do que mais uma forma de gerar atrapalhações no plano dos pensamentos e distorções na compreensão da realidade.

Os espiritualistas paz-e-amor acabam se tornando referência para muitas outras pessoas por essa sua postura ultra-mega-extremamente adorável-amorosa-pacífica. É aquele seu amigo "sabixão-espiritual", "muito iluminado".

Mascaradamente, julgam outras como menos iluminadas por seus comportamentos e até por condições de vida adversas que podem acometer qualquer um (agressividade, vícios, sofrimentos).

Você está lembrando de alguém que se encaixa? Pois pergunte-se o quanto você mesmo faz isso ao invés de avaliar tanto o comportamento de terceiros.

Essa atrapalhação das ideias gera imagens e experiências que, sendo tão subjetivas, podem e são usadas pelos sujeitos para confirmar suas crenças. Uma espiritualidade saudável e verdadeira só pode ser construída sem o uso de substâncias e com experiências autoinduzidas e controláveis.

As ideologias religiosas/espiritualistas estão cheias de negação dos sentimentos tais como muitos deles são: desagradáveis. Pensam que não entrando em contato com seus conteúdos psíquicos desagradáveis estão num caminho espiritual melhor do que aqueles que estão tomados pelo que sentem.

Faz parte da "emboscada religiosa-espiritualista" desviar as pessoas da sua voz interior (sim, as emoções, sentimentos, desejos, instintos) a fim de modelar os comportamentos e tornar o gado manso. Eu diria que muitas vezes a raiva pode te mostrar muito mais quem tu realmente és e o que há dentro de ti do que os tão forçados "paz, amor e caridade". 

A ladainha religiosa-espiritualista serve muito bem para tornar as pessoas passivas, resignadas e imaturas. A espiritualidade, sendo uma visão que compreende e admite que possam existir outros mundos paralelos a este, só é um cercado um pouco maior para o rebanho de crentes. Esses crentes são mais sofisticados e não se limitam a teorias ditas sagradas como os religiosos, a exemplo dos católicos, evangélicos, islâmicos, etc.

Sim, agora passe toda a sua vida falando de mim, me adorando e dizendo por aí coisas que tu imaginas que eu diria, mesmo que nunca tenhas provas de que eu existo concretamente. Ah, e não se comporte fora do que eu estabeleci, está bem? Beijo. Que assim seja, amém.
~Jesus
Eu sou espírita, muito benevolente e caridoso. Sou tão iluminado que nem consigo sentir raiv...O QUE VOCÊ DISSE SOBRE O MEU DEUS????

JP Sears satiriza brilhantemente o comportamento espiritualista neste vídeo.