As suas crenças em Deus que ainda existirem serão "arrebatadas" por esse artigo contundente de William Magalhães.
Uma das maiores paranormais do mundo é brasileira e é internacionalmente famosa e requisitada.
Se você pudesse renascer na sua melhor versão como uma Fénix, como seria? Veja a experiência da Vanessa com a RTS.
Os depoimentos que tornaram o Força Subconsciente um site famoso e cheio de conteúdos voltados ao despertar coletivo. Novos depoimentos num novo modelo de conversa. Confira já!
Os seus problemas atuais começaram lá na sua família de origem, sabia? Pode ser difícil para você, mas é possível resolvê-los.

Pesquisar no site

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

As 5 principais influências culturais que controlam sua mente subconsciente.

 “Até que você torne o inconsciente consciente, ele direcionará sua vida e você o chamará de destino.”
 ~ Carl Jung



Inverta esta citação do Dr. Jung e ficará algo como, uma vez que você se conscientize das forças inconscientes que o direcionam, você experimentará a liberdade e obterá um novo controle sobre sua própria vida. Essa percepção nos dá poder extraordinário.

Com base no que sabemos sobre o cérebro, mente e consciência, a maioria de nossas decisões é feita sem o pensamento consciente, isto é, somos movidos por uma atividade mental de baixo nível que acontece automaticamente. Este nível de pensamento é o produto da mente subconsciente.

Ao contrário do que a maioria de nós gostaria de acreditar, a tomada de decisão pode ser um processo manipulado em grande parte pela atividade mental inconsciente.

Uma equipe de cientistas desvendou como o cérebro inconscientemente prepara nossas decisões.

Muitos processos no cérebro ocorrem automaticamente e sem envolvimento da nossa consciência. Isso impede que nossa mente seja sobrecarregada por tarefas rotineiras simples. Mas quando se trata de decisões, tendemos a supor que elas são feitas por nossa mente consciente. Isso é questionado por nossas descobertas atuais. ”. [Fonte]

Em outras palavras, na maioria das vezes estamos basicamente no piloto automático.

O fato de que a publicidade subliminar pode alterar os hábitos de compra dos consumidores é bem estabelecida e esta é uma prática amplamente utilizada na indústria da publicidade.

É, talvez, a forma mais evidente de adulterar diretamente as mentes subconscientes dos indivíduos.
Mas há muitas outras coisas ao nosso redor que interferem em nossa programação subconsciente diariamente.


1.) Programação de Beleza.

Em 2017, a revista Forbes estimou que a indústria da beleza vale cerca de meio trilhão de dólares por ano nos EUA. A indústria é tão lucrativa por causa de como a imagem corporal é usada para manipular as pessoas e suas identidades sexuais, especialmente mulheres.

Uma representação ideal da beleza em grande parte inatingível é projetada em toda a nossa cultura, causando uma grande ruptura na autoidentidade.

A sexualização excessiva até mesmo dos membros mais jovens da sociedade está em toda parte.


2.) Programação de Violência.

Este está em toda parte, desde as notícias da noite até a grande maioria dos programas de televisão e filmes, e até mesmo em toda a indústria da música.

A violência é apresentada como a solução para qualquer problema, obscurecendo a mente subconsciente com imagens de morte, tortura, luta, destruição, guerra e violência contra a natureza.

"Você já notou como a televisão e a mídia impressa vão gritar roucas em documentários, editoriais e pesados artigos analíticos sobre“ pornografia crescente, crime, violência, tiroteios ”, etc?
No entanto, no mesmo guia da TV que anuncia o último especial sobre "A crise do sexo e da violência", aparecerá um anúncio do Miami Vice, o "programa que traz a ação e a emoção que você espera", etc.
Ou o seu jornal condenará o sexo e a violência nos termos mais elevados, mas na seção de entretenimento há uma propaganda de meia página para um novo filme de ação acompanhado por uma foto de mulheres com biquínis e salto alto acariciando pistolas automáticas e metralhadoras.
 
- Michael A. Hoffman, Sociedades Secretas e Guerra Psicológica.


3.) Simbolismo Oculto.

O simbolismo clássico do ocultismo é onipresente em nossa cultura agora. Aparecendo em toda a mídia de entretenimento, os símbolos espirituais do oculto apresentam um lembrete constante de que as forças das trevas estão em jogo em nosso mundo.

Eles desencadeiam o medo profundamente subconsciente da morte, que é pensado para ser o principal condutor de todo o comportamento humano, bem como a submissão às forças de base, como medo, ganância e luxúria.

Os temas são aplicados em tantas produções que desafia totalmente a coincidência, o que significa que deve haver alguma mensagem unificadora maior ou propósito para todos.
Baseado no tipo de símbolos e quando visto no contexto histórico do movimento religioso esotérico, teologia egípcia, mitologia babilônica, adoração a Satanás e assim por diante, Hollywood e a indústria do cinema estão claramente trabalhando para servir um movimento ideológico particular.
A adoração de forças obscuras e satânicas esteve historicamente ligada ao sacrifício humano, à pedofilia, à perversão sexual, ao culto do ego, ao culto às celebridades, à fragmentação da psique individual em partes controláveis, controle da mente e corrupção da alma.
O uso do oculto e seus símbolos é uma metodologia empregada para enfraquecer o poder do indivíduo e criar escravos psicológicos. É uma forma séria de controle mental.
~ Buck Rogers.


4.) A hipocrisia da igreja e do estado.

Estocar a dissonância cognitiva extrema, as instituições mais influentes em nosso mundo, igreja e estado, estão perpetuamente engajados em comportamentos que desafiam seus objetivos declarados, criando um ambiente onde, de outro modo, pessoas virtuosas desenvolvem um senso distorcido da realidade.

A Igreja Católica está atolada em escândalos maus de abuso infantil o tempo todo, mas eles ainda colocam o ar da justiça.

O governo está praticamente sempre envolvido em escândalos, assassinatos, corrupção e todas as outras coisas más, enquanto, novamente, se apresenta como uma organização que traz justiça e equidade ao nosso mundo.


5.) Consciência da vítima.

Se você acredita que é uma vítima, também acredita que não tem controle sobre suas escolhas e destino.

A igreja e o estado adoram que as pessoas desempenhem o papel de vítimas, porque sabem que isso deixa um vácuo de poder em sua vida, fazendo com que eles olhem para fora em busca de direção, enquanto abandonam seu poder.


Pensamentos finais

A mente subconsciente não fala a mesma linguagem que a mente consciente. Funciona no nível de visualização. Muitas das influências mencionadas acima operam como imagens mentais dentro das mentes de muitos em nossa cultura. Uma forma de sonhar acordado. Um estado de transe. 

Acordar para essa consciência é excepcionalmente libertador.

Fonte: Waking Times.
Tradução: Leonhard Lng.